Praias de Bombinhas

Links patrocinados

Praia de Bombas

Praia de Bombas - Bombinhas

O nome Bombas deriva-se do fato do som produzido pelo bater de suas ondas. Apesar disso, é uma praia de águas tranquilas e cristalinas, muito procurada por famílias que buscam sossego e segurança. Nas proximidades do costão esquerdo, as ondas também permitem a prática do surf. Antigamente chamada de Praia Grande, em razão de sua extensão de aproximadamente 2 quilômetros, Bombas ainda é um reduto da pesca artesanal. Ao longo da praia, encontram-se vários ranchos de pesca, que guardam as centenárias canoas-de-um-pau-só, ainda utilizadas no período de maio a julho durante a temporada da tradicional pesca da tainha.

Como chegar

É a primeira praia do município. Seu acesso é pela SC 412, que liga a cidade de Porto Belo a Bombinhas, direto pela avenida Leopoldo Zarling, a principal via do Bairro de Bombas.

Praia do Ribeiro

Praia do Ribeiro - Bombinhas

Esta pequena praia selvagem, com apenas 120 metros de extensão, está localizada entre as praias de Bombas e Bombinhas. Cercada de muito verde da mata nativa, Ribeiro tem águas tranquilas e transparentes, que convidam para um delicioso banho de mar. Em determinadas épocas do ano é possível avistar tartarugas nadando calmamente junto ao costão. A praia também é propícia para o mergulho de superfície (snorkeling).

Como chegar

O acesso é feito a partir da Praia de Bombas, pelo costão direito, por meio de uma trilha. Na Praia do Ribeiro está o Instituto Kat Schürmann, cujo acesso se dá pela Av. Ver. Manoel José dos Santos.

Links patrocinados

Praia de Bombinhas

Praia de Bombinhas

É a praia que dá nome a cidade e onde se encontra o maior centro comercial da cidade. Sua faixa de areia é composta por cristais de quartzo, que dão um tom incrivelmente branco, emoldurando o mar calmo e transparente com pequenas ondas, garantindo a alegria das crianças. Os mesmos cristais produzem um som característico sob os pés, semelhantes a estalidos, o que rendeu o nome à praia. Possui 1.227 metros de extensão. Em Bombinhas, estão localizadas as principais escolas e operadoras de mergulho autônomo, com saídas diárias para os costões da península e na parte sul da Ilha do Arvoredo. Uma das grandes atrações da Praia de Bombinhas é a tradicional Corrida de Canoas-de-um-Pau-Só, evento anual, sempre na comemoração do aniversário da cidade, em março, que atrai pescadores de todo o estado, com suas canoas peculiares.

Praia de Bombinhas

Como chegar

Seguindo pela Avenida Leopoldo Zarling em Bombas, ao atravessar a ponte do Rio da Barra, a avenida já recebe o nome de Vereador Manoel José dos Santos, que conduz diretamente ao centro de Bombinhas. O acesso também pode ser feito a partir da Praia do Mariscal, pela estrada do Morro do Mariscal.

Prainha, Embrulho e Lagoinha

Praia da Lagoinha - Bombinhas

São três praias pequenas localizadas no costão direito da praia de Bombinhas. A Prainha é onde se localiza o trapiche, de onde partem barcos de passeio e barcos das escolas de mergulho. Ao lado do Trapiche, existe uma oficina lítica, denunciando os indícios do povoamento pré-histórico na região. A Praia do Embrulho, ao lado da Prainha, é tranqüila, tem uma bela vista das embarcações e da baía de Bombas. Foi chamada assim por sua característica de praia de tombo, que provocava alguns incidentes, “embrulhando” nativos que descarregavam mercadorias das embarcações por ali, quando ainda não existia o trapiche da Prainha. A Praia da Lagoinha é belíssima para o mergulho de superfície, sua grande quantidade de piscina naturais, entre as grandes pedras à beira-mar, atraem diversas espécies de peixes que podem ser avistadas até mesmo sem entrar na água. Mas é difícil resistir ao mergulho em suas águas transparentes e sem ondas.

Praia do Embrulho - Bombinhas

Como chegar

O acesso a estas praias, a pé, é mais comum pela passarela que tem início no costão direito da Praia de Bombinhas. Já o acesso por automóvel pode ser feito pela Rua Sardinha, ao final da Av. Ver. Manoel José dos Santos, ou pela Rua das Garoupas, 500 metros após o término da avenida.

Links patrocinados

Praia da Sepultura

Praia da Sepultura - Bombinhas

Simplesmente, paradisíaca. Suas águas transparentes e sem ondas são ideais para o mergulho livre. Com aproximadamente 95 metros de extensão de areia, a praia da Sepultura guarda beleza e lendas. Contam os moradores mais antigos que a praia passou a ser chamada assim pela suposta existência da sepultura de um escravo, que teria sido morto após uma briga no local, em 1840.

Como chegar

Para quem gosta de caminhadas, o acesso pode ser feiro pelo costão direito da Praia de Bombinhas, passando pela Prainha, Embrulho e Lagoinha. O acesso por veículos é feito pela Rua das Garoupas, continuação da Av. Ver. Manoel José dos Santos, até um estacionamento particular. Dali, chega-se à praia a pé, através de uma trilha de 200 metros.

Retiro dos Padres

Praia do Retiro dos Padres - Bombinhas

Na metade do século XIX, um navio inglês ficou avariado no local. O fato atiçou a curiosidade dos moradores, que acorriam ao local para ver o navio e seus tripulantes, pois nunca haviam visto um inglês autêntico. A partir deste acontecimento, a praia ficou conhecida como Praia dos Ingleses. Em 1967, a praia foi adquirida pelos padres salesianos de Itajaí, onde construíram uma casa de retiro espiritual, razão para o novo batismo da praia. De beleza agreste, quase selvagem, a praia de águas cristalinas é cercada pela Mata Atlântica.

Como chegar

O acesso à praia se dá pela também pela Av. Manoel José dos Santos, no Centro de Bombinhas, seguindo até o final da Rua das Garoupas, logo após o acesso à praia da Sepultura.

Quatro Ilhas

Praia de Quatro Ilhas - Bombinhas

É conhecida pelos moradores mais antigos como Praia de Fora, devido sua localização e característica de mar aberto. O nome Quatro Ilhas deve-se às quatro ilhas avistadas desde a praia. Uma delas, a Ilha do Macuco, próxima ao continente. As outras três, Ilha das Galés, Deserta e Arvoredo, são as que compõem a Reserva Biológica Marinha do Arvoredo. A praia também é conhecida pela grande cruz instalada em suas areias. Contam os moradores que dois pescadores, após terem encontrado a cruz na beira do mar, ficaram tão impressionados que resolveram fincá-la no mesmo local onde a acharam. Segundo os moradores e pescadores daquela região, após esse acontecimento realizaram um lance (pesca) de tainhas jamais visto, tal a abundância do pescado. Desde então, todos os anos, no dia 3 de maio, alguns pescadores adornam a cruz com flores e fazem pequenas preces, para que haja sempre a mesma fartura na pesca da tainha. Com o passar do tempo, a cruz de madeira foi se deteriorando, sendo substituída por uma cruz de concreto. A belíssima praia preservada por restinga, possui 1km de extensão. É reduto de jovens que buscam suas boas ondas para a prática do surf.

Como chegar

Para chegar em Quatro Ilhas, é necessário atravessar o centro de Bombinhas, pela Av. Ver. Manoel José dos Santos, entrando na rua Salmão, para, logo depois, ingressar na Rua Ilha das Galés, que dá acesso direto à praia.

Praia de Mariscal

Praia de Mariscal - Bombinhas

A Praia de Mariscal, com 204,5 metros de extensão, tem areias brancas a base de cristais de quartzo e águas cristalinas. O nome surgiu em função da grande quantidade de mariscos em seus costões. Com águas muito limpas e ondas de médio porte, é muito procurada pelos surfistas. A vegetação de restinga está preservada pintando de verde toda a sua orla, aproximando o turista à natureza. É indicada para banhos de mar e sol, surf, pesca esportiva e longas caminhadas. Para quem gosta de sossego, Mariscal possui uma estrutura quase que exclusivamente residencial.

Como chegar

Existem dois acessos. O primeiro é pelo Centro de Bombinhas, seguindo a Av. Ver. Manoel José dos Santos até a na Rua Salmão, seguindo-se por esta até quase o seu final, quando se toma a direção ao morro do Mariscal pela segunda rua à direita. No topo do morro, a vista do Mariscal e do Canto Grande é exuberante. Existem vários mirantes para bater fotos e prestigiar este encanto da natureza. Outro acesso é pela Avenida Falcão, que liga a praia de Bombas a Praia de Zimbros. Na terceira rotatória no Bairro de Zimbros, basta seguir à esquerda, na Rua Maracujá, que em poucos quilômetros muda o nome para Av. Girassol. Dali, segue-se até a Rua Canela, que liga a bairro Canto Grande (Mar de Dentro) com a Praia de Mariscal.

Canto Grande

Praia de Canto Grande - Bombinhas

Por estar localizada em um istmo, com duas praias opostas, seu primeiro nome era Ponta Grande. A partir dos anos 30, ganhou o nome atual, dividindo-se entre Mar de Dentro e Mar de Fora. Esta pequena vila de pescadores e maricultores ainda mantém viva a cultura dos imigrantes do Arquipélago dos Açores, como a tradição do terno de reis e a técnica da pesca artesanal. O centro da Vila fica aos pés do Parque Municipal do Morro do Macaco, o segundo ponto mais alto da cidade que proporciona ao turista uma bela vista da cidade, da Reserva Biológica Marinha do Arvoredo e também das cidades vizinhas como Tijucas, Governador Celso Ramos e Florianópolis. O Mar de Dentro fica no lado oeste da vila, na Baía de Zimbro, é de águas tranquilas, é ponto de partida de muitas pescarias e passeios de barco pela região. Tem 2.180 metros de extensão. Dali, o por do sol é uma atração única. O Mar de Fora, ao leste da vila é de águas mais agitadas, com ondas propícias para o surf. Suas águas límpidas são renovadas constantemente pelas correntes. A praia também é muito procurada pelos amantes da pesca de arremesso, ao longo de seus 3.831 metros de extensão.

Como chegar

Existem dois acessos. O primeiro é pelo Centro de Bombinhas, seguindo a Av. Ver. Manoel José dos Santos até a na Rua Salmão, seguindo-se por esta até quase o seu final, quando se toma a direção ao morro do Mariscal pela segunda rua à direita. No topo do morro, a vista do Mariscal e do Canto Grande é exuberante. Existem vários mirantes para bater fotos e prestigiar este encanto da natureza. Outro acesso é pela Avenida Falcão, que liga a praia de Bombas a Praia de Zimbros. Na terceira rotatória no Bairro de Zimbros, basta seguir à esquerda, na Rua Maracujá, que em poucos quilômetros muda o nome para Av. Girassol. Dali, segue-se até a Rua Canela, que liga a bairro Canto Grande (Mar de Dentro) com a Praia de Mariscal.

Praia da Conceição

Praia da Conceição - Bombinhas

A praia da Conceição é dividida por uma pequena Ilhota com a praia de Canto Grande Mar de fora. Por estar totalmente cercada por morros, é uma praia bem protegida pelos ventos. Suas areias monazídicas têm propriedades terapêuticas. Uma de suas principais atrações são as piscinas naturais, formadas no seu costão direito. A praia tem 453 metros de extensão e também é o ponto de partida para chegar até a praia da Tainha.

Como chegar

Deve-se seguir até o Canto Grande mar de fora pela Rua Jequitibá. Em seguida virar a direita, pela estrada a beira-mar. Ao passar pela Ilhota, chega-se as areias da Conceição.

Praia da Tainha

Praia da Tainha - Bombinhas

Como o próprio nome diz, esta praia é um excelente local para a pesca da tainha durante os meses do inverno. É um refúgio natural em meio a Mata Atlântica, com beleza surpreendente. Possui cerca de 200 metros de extensão.

Como chegar

Seu acesso é feito por uma estrada não pavimentada, a partir da Praia da Conceição. Ao longo da estrada há um museu e mirantes naturais que possibilitam uma bela visão da Baía de Zimbros e Mariscal.

Praia de Morrinhos

Praia de Morrinhos - Bombinhas

A praia de Morrinhos compartilha a mesma faixa de areia que as praias de Zimbros e do Cantinho. Possui 1.390 metros de extensão e também é uma praia abrigada, com grande concentração de embarcações, devido à presença de pescadores e aquicultores. Urbanizada, a praia possui bares, quiosques e meios de hospedagem em seu entorno.

Como chegar

Seu acesso é pela Avenida Falcão em Bombas até chegando na rotatória do bairro de Zimbros, quando deve-se seguir pela esquerda em diante pela Avenida Rio Girassol.

Praia de Zimbros

Praia de Zimbros - Bombinhas

Foi a primeira praia avistada pelos colonizadores açorianos na península, que encontraram ali o zimbros, planta da família das Pináceas, de cujos frutos aromáticos é feita a bebida alcoólica conhecida por genebra. Daí, o nome da praia. Zimbros é um bairro dotado de ótima infraestrutura. Além do turismo, a renda da população tem origem na pesca e no cultivo de marisco e ostras. As embarcações na beira da praia proporcionam um visual colorido e pitoresco. Suas águas calmas e sem ondas são propícias para os esportes náuticos, como a vela e o esqui. No canto direito da Praia está a Área de Relevante Interesse Ecológico da Costeira de Zimbros, que abriga importantes exemplares de flora e fauna de Mata Atlântica e possui dez praias desertas, dentre elas estão: do Cardoso, Lagoa, Triste e Vermelha.

Como chegar

Seu acesso é pela Avenida Falcão em Bombas até chegando na rotatória do bairro de Zimbros, quando deve-se seguir em diante pela Rua das Garças e depois a Avenida Rio Tapajós.

Outras Praias Menores

Praias Menores - Bombinhas

Bombinhas também é rica em praias selvagens, que guardam seu ambiente natural intocado. O acesso a elas só é possível através de trilhas ou por barco. As mais conhecidas e visitadas são as praias que formam a Costeira de Zimbros. O acesso a elas se dá pelo mar ou através de trilhas, que só podem ser percorridas a pé ou de bicicleta. A praia da Aguada já foi um reduto usado pelos pescadores para lavarem seus barcos. Razão do nome. O acesso a ela é normalmente feito por barco, a partir do Canto Grande Mar de Dentro. Também é possível chegar até ela por uma trilha que parte da Praia da Tainha. Outra pequena praia situada na ponta da Tainha é a Praia do Cação. O acesso é feito por trilha, a partir da Praia da Tainha ou barco. Seu nome foi dado pelos pescadores, justificando-o pela facilidade da pesca do cação, que acontecia naquelas água, antigamente. O Porto da Vó é um belo refúgio com acesso feito somente por barco. Em dias de maré muito baixa, é possível chegar a praia com água pelo cintura, caminhando a partir do Canto Grande. Também partindo do Canto Grande, em passeio de barco, encontra-se o Porto do Macuco. São os próprios pescadores que narram histórias curiosas a respeito deste belo recanto. Com acesso por uma trilha de um pouco mais de 1km, em meio à Mata Atlântica, encontra-se a Praia da Galheta. Muito procurada por aqueles que apreciam o trekking. Da praia, tem-se um belíssimo visual de Bombas e Bombinhas. No costão esquerdo da Praia do Mariscal, escondida pelas grandes pedras, encontra-se a Prainha de Mariscal, também conhecida como Praia do Atalaia. Com 240m de extensão, é perfeita para atividades náuticas. O acesso é feito a pé. A praia da Miséria aparece nos dias de maré baixa. É uma pequena extensão de areia em meio ao costão que dá acesso a Ponta da Sepultura. A praia do Cachalote tem águas muito transparentes, com acesso pela trilha da Sepultura. Há muitos anos, os pescadores encontraram uma baleia cachalote encalhada próxima a essa prainha e a enterraram ali mesmo. Para chegar até muitas dessas praias, o acesso se faz através de Trilhas a pé e pela costeiras de pedras. Outras, como a Aguada, Cação e Macuco, só tem acesso por barco.