Garopaba - A cidade

Garopaba é uma cidade das belas cidades litorâneas catarinenses, repletas de belas paisagens.

Links patrocinados

Situada no litoral sul de Santa Catarina, tem em suas praias seu mais forte atrativo.

Em Garopaba, você encontrará campings, pousadas, hoteis e uma excelente gastronomia à base de frutos do mar nos muitos bares e restaurantes localizados ao longo das praias da cidade.

Vista da baia de Garopaba

Foto: Vista da baia de Garopaba

Origem do nome Garopaba

Garopaba tem sua origem na língua dos primeiros habitantes da região, os índios tupi-guaranis. Significam ygá, ygara, ygarata: arco, embarcação, canoa e mpaba ou paba: estância, paradeiro, lugar, enseada.

Links patrocinados

História de Garopaba

A História de Garopaba inicia-se praticamente junto ao descobrimento do Brasil, pois no ano de 1525 a "Baia de Garopaba" serviu como abrigo à expedição naval da Cidade de Corunã, que a utilizou para fugir de um temporal.

O primeiro relato da história de Garopaba é datado de 24 Junho de 1525, quando o espanhol Dom Rodrigo de Acuña, para fugir de um temporal, aportou o Navio Galeão San Gabriel na Baia de Garopaba.

O primeiro povoado só surgiu em 1666 formado de imigrantes açorianos se aproveitando da enseada natural para a ancoragem de seus barcos, um local também atrativo para caçar baleias, comercializando seu óleo e barbatanas.

Antes disso, aqui vivia o índio Carijó, da tribo Guarani. Homem simples e de caráter pacífico. Alimentava-se da caça, da pesca e dos produtos naturais da terra, como a farinha de mandioca, utilizada até os dias de hoje. Foi deles que surgiu o nome da cidade. Este nome vem grafado – gahopapaba – na carta Turin, em 1523.

Os açorianos desembarcaram em Garopaba enviados pelo Império Português, procedentes a maioria da 3ª Ilha dos Açores. Em 1793, foi criada a Armação de São Joaquim de Garopaba. No ano de 1830 é levada à Freguesia. A Paróquia foi criada por decreto do Governo Imperial, porém sua instalação oficial ocorreu no ano de 1846. Em 1890, com trabalho de mobilização da Freguesia, Garopaba é elevada a Vila, com decreto do Governador Lauro Severino Muller. No dia 08 de Abril do mesmo ano, o Governador nomeia os membros do Conselho da Intendência que dirigira o Município. A instalação só ocorreu no dia 07 de Junho de 1890. A guarda Municipal é criada em 1896. Em Outubro de 1906 passa a fazer parte da Comarca de Palhoça. Em 1923, perde a condição de Município, passando a integrar o Município de Imbituba, pertencendo à Comarca de Laguna. Em 1930 Garopaba passa à Distrito de Palhoça. No ano de 1961, volta a condição de Município, sendo fundada em 19 de Dezembro de 1961, através da Lei nº 798/61.

Com uma história marcada pela força humana unida à divina, o Padre italiano Rafael Faraco, que viria a exercer papel de fundamental importância no crescimento da localidade, é o responsável pela criação da Vila de Garopaba em 1877.

Após vários anos de lutas e conquistas, em 30 de Dezembro de 1961 firma sua posição de Município.

É nesta terra margeada pela riqueza das águas, em que a pesca é a maior fonte de renda do município, que também desenvolve o turismo, as atividades agrícolas, comerciais e industriais aceleradamente.

Links patrocinados

Economia

A principal atividade econômica de Garopaba é o turismo - a cidade recebe aproximadamente 140 mil turistas na temporada (Dezembro-Fevereiro).

Depois vêm atividades como a construção civil, a pesca artesanal (principalmente, a pesca da tainha e da anchova), os serviços públicos (aqui representados pela própria prefeitura) e a agricultura de subsistência.

Evidencia-se, também, a pecuária e o comércio, além de indústrias de confecções, sendo a mais importante a Mormaii, indústria de renome internacional que gera muitos empregos na cidade.

O Município de Garopaba apresenta uma população, de acordo com o Censo de 2008, de 38.574 habitantes.